Novidades

Fique por dentro do que acontece na TR!
09 dezembro 2016

Os limites do Real Time Marketing

Vivemos em uma sociedade ultraconectada, saturada de informação e com um apelo imediatista muito grande. São cada vez mais comuns crises de ansiedade porque a pessoa a quem se enviou uma mensagem via WhatsApp visualizou e não respondeu naquele mesmo minuto. É apenas um exemplo, mas serve de reflexão sobre o mundo nos dias de hoje. Por outro lado, as empresas também tem que seguir essa tendência da informação instantânea.

Isso no mundo dos negócios e da comunicação é chamado de Real Time Marketing, ou então Marketing de Oportunidade. De fato, novidades surgem a todo o momento e estar conectado ao que acontece é importante para atrair os clientes e diferentes públicos de uma organização.

Marketing em tempo real gera valor à marca por conta da interação com seus públicos, pois é uma estratégia importante de aproximação e impacto positivo. É mais fácil, também, chamar a atenção com algum fato recente de conhecimento do público. Além do conteúdo geralmente ter mais dinamicidade e relevância.

Porém, existem limites nessa estratégia. Nem tudo pode e deve ser utilizado para fins comerciais e de negócios. Uma marca também precisa ter empatia, ou seja, a capacidade de compreender o que seus clientes e público em geral sentem e querem receber. Além das datas comemorativas, uma série de eventos servem de insight para construir conteúdos de interesse: Oscar, Grammy, futebol, música, até política e religião. Mas preferencialmente que não sejam trabalhados temas sensíveis.

O Marketing de Oportunidade não deve ser confundido com estratégias de “caça-cliques” em redes sociais. Foi o que fez o Catraca Livre com a queda do avião que levava a Chapecoense e diversos outros profissionais à Colômbia: Logo após o acidente, o site publicou matérias alusivas à tragédia como “confira selfies de quem tirou logo antes de morrer” e assuntos semelhantes. A falta de sensibilidade e comoção com o acontecimento fez a Página do Catraca Livre no Facebook perder centenas de milhares de curtidas instantaneamente.

Visibilidade é importante, mas jamais superior à credibilidade. E as empresas precisam entender isso. O melhor Real Time Marketing é atender aos desejos dos públicos envolvidos na organização. Isso passa por interação nas redes sociais, resolução de dúvidas e até entrega de praticidade e respeito. E devem primar sempre por princípios éticos, responsabilidade social, sensibilidade e empatia.

Deixe um Comentário